Pode-se crescer espiritualmente sendo imaturo emocionalmente? Estes são 10 sintomas que o explicam.

ReligionenLibertad.com

O ensinamento de Peter Scazzero

Pode-se crescer espiritualmente sendo imaturo emocionalmente? Estes são 10 sintomas que o explicam.

¿Se puede crecer espiritualmente siendo inmaduro emocional? Estos son 10 síntomas que lo explican

Felicidade

Alex Navajas / ReL- 8 fevereiro 2014-religionenlibertad.com

Como é possível que cristãos de boa fé, comprometidos com a Igreja, inclusive com responsabilidade dentro de algum movimento ou paróquia, sintam que sua vida se desmancha de repente como um castelo de areia? Isso foi o que aconteceu a Peter Scazzero.

Dirigia uma congregação em Queens, Nueva York; era felizmente casado com Gery e tinham quatro preciosas filhas. Tudo parecia ir sobre rodas. “No entanto, sob a aparência de “ser um bom cristão”, jaziam enterradas numerosas fases de minha vida emocional que não tinham sido tocadas pelo poder transformador de Deus”, explica Scazzero em seu livro “Emotionally healthy spirituality” (“Espiritualidade emocionalmente sadia”, editora Thomas Nelson).

Tudo se desmancha
“Estava há tantos anos dedicado de corpo e alma a construir o Reino de Deus que não tinha dedicado um tempo para escavar em meu subconsciente”, acrescenta. De repente, seu casamento pareceu que se estava em ruinas; uma de suas filhas esteve a ponto de morrer afogada, e ele sentiu que o trabalho em sua igreja, no qual tinha empenhado tanto tempo e esforço, se convertia em uma carga insuportável.

Uma família emocionalmente imatura
“Muito, muito pouca gente sai de sua família de origem emocionalmente perfeitos ou amadurecidos”, argumenta. No caso do próprio Scazzero, seus pais foram filhos da imigração italiana. Sua mãe conviveu sempre com uma profunda depressão, e não encontrou em seu marido, um homem emocionalmente ausente, o sustento que necessitava. “Seu casamento, como sua infância, esteve marcada pela tristeza e pela solidão”, fala. Isto, claro, não era o que se via de fora: “Parecíamos uma família normal”, afirma.

Entregue a Deus, porém…
O jovem Peter, após abandonar a fé com 13 anos, a reencontrou na universidade, e decidiu consagrar sua vida a Deus como pastor evangélico. “Durante os seguintes 17 anos fui um devoto seguidor de Cristo, mas no terreno emocional e muitas áreas de minha humanidade seguiam sem tocar-se”, agrega. Não é de estranhar: “É um tema do qual não se pode falar na Igreja”, observa.

Consciente de ser emocionalmente imaturo
E chegou o momento em que todo isto veio abaixo. “Houve três coisas que me arrastaram, na base de pancadas e gritos, para que percebesse que eu era emocionalmente imaturo. Primeiro, que não estava experimentando a alegria que Cristo promete aos que levam seu jugo. Em segundo lugar, me sentia enraivecido, azedo e deprimido. E por último, minha esposa Geri se sentia só, cansada de funcionar como uma mãe solteira com quatro filhas”, reconhece Scazzero. Foi o ponto de reflexão que, na base de um caminho doloroso de penúrias, fez ver ao pastor que “é impossível ser espiritualmente maduro quando se é emocionalmente imaturo”.

Imaturidade espiritual
Como pode se saber se alguém está passando por esta fase de imaturidade espiritual? Para Scazzero, estes são os dez sintomas que revelam uma espiritualidade emocionalmente doente:

1. Usar Deus para fugir de Deus

2. Ignorar os sentimentos que alguém sente raiva, tristeza ou medo, por considerá-los “pouco cristãos”.

3. Abster-se de coisas que não tem que se abster.

4. Negar o impacto que os fatos que nos ocorreram no passado têm em nossa vida presente.

5. Dividir nossas vidas em “minha vida normal” e “minha vida com Deus”.

6. Fazer coisas por Deus, em vez de estar com Deus.

7. Cultivar uma espiritualidade que foge de todo conflito.

8. Mostrar-nos sempre como cristãos inteiros, sem uma só dúvida, sem uma só fenda.

9. Crer que se cuidar de si mesmo “é pecado”, sem se preocupar o mínimo por nós.

10. Julgar e comparar o itinerário espiritual de outras pessoas.

Desde o momento de sua crise pessoal, Peter Scazzero se dedicou de corpo e alma para ajudar outras pessoas “espirituais, mas emocionalmente imaturas”, conseguindo excelentes resultados.

Tem uma página da web onde recolhe parte de seu trabalho, http://www.emotionallyhealthy.org

Gostou deste artigo? Comente-o com teus amigos e conhecidos:

http://religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=33800

por euvimparaquetodostenhamvida