Cura milagrosa de uma mulher judia orando a Jesus. Cura inexplicável para os médicos.

forosdelavirgen.org

Therese Daoud

Cura milagrosa de uma mulher judia orando a Jesus

Cura inexplicável para os médicos.

Quando Teresa Daoud chegou ao hospital Ichilov de Tel Aviv com um enorme tumor canceroso, os médicos disseram que sua única possibilidade de sobrevivência seria amputar a perna. O que aconteceu durante os meses seguintes deixou mudos o pessoal médico e a nação.

milagre de therese daoud

Therese Daoud

Therese discerniu a mensagem de que não devia amputar sua perna, rezou a Jesus e cinco meses mais tarde o tumor tinha desaparecido e tinha salvado sua perna de uma amputação.

A HISTÓRIA DO DIAGNÓSTICO
“Se alguém me tivesse contado a história do que aconteceu a Therese, eu teria dito que estava louco e o enviaria a um hospital mental”, disse o professor Yaakov Bickels, chefe do Departamento de Oncologia Ortopédica do hospital.
“Mas eu estava ali. Vi com meus próprios olhos”.
O que o professor viu, o descreveu como um tumor maligno “do tamanho de una laranja.”

A biópsia mostrou um sarcoma.

“Este é um dos mais agressivos e aterradores de todos os tumores cancerosos”, explicou Bickels.
“Com um tumor desenvolvido até este ponto, o único tratamento que podíamos oferecer a Therese era amputar a perna.”
“Eu estava em choque quando os doutores me disseram” disse Therese, uma professora de ciências da escola secundária.
“Pensei que estavam falando de outra pessoa. Mas não tinha escolha. Comecei a preparar-me para a vida com uma perna só.”
Therese enviou os exames de laboratório e radiografias aos Estados Unidos para comprovar, mas voltou com o mesmo prognóstico. A perna deve ser amputada para salvar sua vida.

A CIRURGIA FOI ADIADA TRÊS VEZES

No dia da cirurgia, depois de esperar no hospital durante três dias, Therese foi informada que devido a “dificuldades técnicas” a operação devia ser reprogramada.
Quando voltou à cirurgia reprogramada, justo quando estava a ponto de ser conduzida à sala de operações, a Therese foi dito de novo, “a amputação deve ser adiada.”
Desta vez as unidades cirúrgicas não estavam disponíveis devido a uma série de casos de emergência. No momento Teresa recebeu outra data para a cirurgia, sua mãe ficou muito doente, e Therese decidiu adiar a mesma operação afim de cuidar de sua mãe.
Para a maioria de nós, o atrazo de uma cirurgia para salvar a vida teria sido algo muito negativo. Não foi para Therese.
“Três vezes a cirurgia foi adiada”, disse. “Este foi um sinal claro para mim do céu que não devia submeter-me à cirurgia.”

A Televisão israelita mostrou imagens de Therese rezando em uma igreja no norte do país.
“Quando ela me disse que tinha decidido não amputar sua perna , era claro para mim. Ela morreria logo”, disse o Prof. Bickels. “Estava confuso por sua decisão.”

E DESAPARECEU O TUMOR DE THERESE

cura de therese daoud

Três meses mais tarde, com um enorme sorriso no rosto, Therese caminhava sem ajuda no consultório de Bickels.
“ O que te aconteceu?”, ele perguntou. “Rezei”, respondeu ela.
“Cada vez que rezava, sentia paz e segurança. Tinha medo, mas também paz”, disse Therese Daoud.
Aturdido, Bickels imediatamente enviou Therese para uma ressonância magnética, porém os resultados foram inegáveis. O crescimento assassino tinha retrocedido dramaticamente.

“Isto simplesmente não acontece”, balbuciou o professor. “Um crescimento deste tipo não pode retroceder desta maneira.”
Os médicos e as enfermeiras não podiam crer nos resultados, então a enviaram para outra biópsia. Mas foi em vão. Não havia câncer. Havia deixado por completo seu corpo.
“Seguimos comprovando seus registros uma e outra vez”, disse um Bickels atônito.
“Não podíamos aceitar que o câncer se tinha acabado sem nenhum tipo de tratamento.”
“O efeito das coisas que ocorrem na alma do homem sobre as coisas que ocorrem em seu corpo é uma área da qual não entendemos praticamente nada“, disse o Dr. Bickels. “Em minha opinião, esta é a história de Therese.”

“Sou um homem prático. Sou um cirurgião de câncer. Eu não busco soluções dos céus, mas a única coisa que fizemos por Therese foi esperar. Ela, de fato, não foi tratada“, acrescentou Bickels.
As estações de notícias israelitas informaram sobre o milagre e todos admitem que é impossível explicar o que aconteceu a Therese, que não seja pelo poder de sua fé.

O pessoal do hospital e os jornalistas, viajaram à casa de Therese para buscar alguma outra explicação. Eles provaram a comida que ela come e comprovaram a água que bebe, mas não tinha nenhuma explicação física.
Eles tiveram que contemplar uma opção indiscutível, inevitável e muito incômoda, que a oração a Yeshua (o nome Jesus para os judeus messiânicos que creem em Jesus), o Messias de Israel, ainda cura hoje.

Fontes: Israel Today, Signos de estos Tiempos

http://forosdelavirgen.org/74167/curacion-milagrosa-de-una-mujer-judia-orandole-a-jesus-2014-01-10/

por euvimparaquetodostenhamvida