Jéssica Rey, a Power Ranger católica que prega a modéstia e a castidade.

ReligionenLibertad.com

UMA ATRIZ COM CARÁTER

Jéssica Rey, a Power Ranger católica que prega a modéstia e a castidade

Não só exibiu poderes especiais na famosa série de televisão juvenil. A franqueza com a qual expõe e defende suas idéias requerem também um templo particular.

E.R./ReL – 17 abril 2010 – religionenlibertad.com

De origem filipina, nasceu em Fort Campbell (Kentucky), em 1982, a segunda de três irmãos, filhos de um veterano da Marinha, e alcançou a fama quando em 2002 interpretou a Alyssa na série de televisão Power Rangers. Continuou sua carreira como atriz em séries como Hospital Geral e Rules of Engagement [Reglas de compromisso], e tem sua própria marca de roupa, ReySwimwear, uma linha de trajes de banho que incide no que se converteu em um dos objetivos de sua vida: promover a modéstia no vestir.

Porque Jessica Rey ostenta unma convicção católica profunda, e percorre os Estados Unidos pregando a castidade em todas suas formas, incluindo a moda. De fato está escrevendo um livro sobre esse tema intitulado Decent Exposure (literalmente, «exposição decente»).

«Não podes dar a ti mesma até que não tenhas aceitado o amor que Jesus dá a ti. Isso deveria ser o centro de tua vida, e não “De quem deveria enamorar-me?”», aconselha a jovem atriz aos grupos a quem se dirige.

Mas para Jéssica não foi fácil dedicar-se à esta tarefa. «Muitos amigos sacerdotes me pediam que o fizesse, mas eu sempre dizia que não», declarou ao começar a missão. Apesar de seu trabalho, afirma que lhe custa falar em público quando não está atuando. Porém um dia um amigo lhe trouxe, de uma festa de Natal a qual não pôde ir por estar enferma, uma estampa de São Bernardino de Sena que havia escolhido na sorte dentro de um jogo que te compromete a rezar durante todo o ano ao santo que sorteou. Ela não sabia quem era este santo, e quando o viu, comprovou que é… o patrono dos oradores. «Valei-me, Senhor, de acordo», disse então para si, interpretando como um sinal.

Jéssica recorda que, durante seus primeiros tempos em Hollywood, mesmo não caindo no contrário do que agora prega, «não compreendia em sua totalidade as virtudes da castidade e da modéstia». Mas sua formação católica e algumas pessoas com as quais tropeçou nesse mundo do cinema lhe animaram a insistir nessa perspectiva.

Dedica-se a esta tarefa porque sabe que muitos jovens nunca escutariam conselhos semelhantes de seus pais, mas sim de gente jovem e «de seu tempo». É consciente de que não é uma super-estrela, mas sua passagem pela televisão «e que seja alguém de Hollywood» que recomenda uma vida de castidade e modéstia faz bem às garotas (seu público é majoritariamente feminino). Durante a formação que fornece, lhes ensina «o que significa ser mulher, como deve tratar-te um homem» e falam «do noivado, da modéstia e do modo de vestir».

Pelo êxito que está tendo -apenas há dois anos e já ha percorreu boa parte do país-, fica claro que Jéssica não perdeu os poderes especiais quando deixou de ser uma Power Ranger…

Gostou desse artigo? Comente-o com teus amigos e conhecidos:
http://religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=8247

 

Anúncios
por euvimparaquetodostenhamvida

2 comentários em “Jéssica Rey, a Power Ranger católica que prega a modéstia e a castidade.

  1. Eu não sei se ela ainda atua como Power Ranger, mas espero que não, pois pregar a modéstia e usar aquele uniforme todo colado no corpo que os PRangers usam, não tem o menor sentido.

    A Paz!

    Curtir

Os comentários estão desativados.