*Ex-trabalhadora de Planned Parenthood: “Só quero glorificar a Deus e salvar vidas”.

Ramona  Treviño  no centro da foto

*Ex-trabalhadora de Planned Parenthood: “Só quero glorificar a Deus e salvar vidas”

Denver, Setembro 12, 2011 / 6:03AM (EWTN Noticias)

Compartilhar

Ramona Treviño se uniu à lista de homens e mulheres que sofrem uma conversão radical enquanto trabalhava para abortistas.

Em sua primeira aparição pública, protagonizou uma vigília de oração em frente ao seu ex- centro de trabalho durante o qual assegurou que como católica só quer dar glória a Deus e salvar vidas.

“Minha mensagem é que devemos glorificar a Deus, glorificar as coisas maravilhosas que todos vocês estão fazendo e seguiremos fazendo”, disse aos participantes da vigília em volta do centro da transnacional abortista Planned Parenthood (PP) em Sherman, Texas.

“Há gente como eu em todo o mundo esperando um milagre”, afirmou Treviño que até maio foi gerente deste centro de PP, encarregada de tirar as grávidas das clínicas abortistas da cadeia.

Em 6 de maio renunciou ao trabalho que exerceu por três anos e “a metade dos rendimentos de minha família”. Admite que durante todo o tempo que serviu a PP tinha um “tremor no meu coração, dentro e fora, e me envergonhava dizer o que fazia”.

Com efeito, mesmo que na clínica de Treviño não se practicavam abortos, mas “tinha que dar as referências (para as grávidas que buscam abortar). Tinha que dar o número, dar a conhecer a informação sobre os lugares… onde podiam fazer um aborto”.

Numa entrevista à ACI Prensa, Treviño deu mais detalhes de sua história, assegurou que tentou em vão conciliar sua fé católica com seu trabalho no Planned Parenthood e descreveu sua conversão que coincidiu com a beatificação do Papa João Paulo II.

“Fui criada católica, mas na realidade não tive muita formação na fé. Quando eu era menina… me sentia como se estivesse sendo chamada à vida religiosa. Mas não tinha a formação, como menina pequena, para responder a esse chamado”, recordou.

Em lugar de ser monja, Treviño ficou grávida durante a escola secundária. Abandonou os estudos e anos depois contraiu matrimônio católico. Treviño obteve então um trabalho em tempo parcial no Planned Parenthood.

Mesmo tendo recebido formação católica para preparar-se para o matrimônio, ainda carecia de uma adequada compreensão dos problemas relacionados com a sexualidade e a vida humana, assim como da liderança do Planned Parenthood na indústria do aborto.

Treviño admite que se sentia incomodada em seu trabalho e seu momento mais difícil foi dar pela primeira vez referências a uma mulher que queria abortar.

Treviño tinha encontrado a maneira de calar sua conciência rezando pelas mulheres e buscando justificar suas ações para não sentir-se responsável.

“Constantemente tratei de alimentar minhas mentiras. Com o tempo me dei conta que não estava tratando de salvar suas vidas, já não poderia negar-me a mim mesma”.

O ponto de quebra ocorreu em dezembro de 2010 quando escutou numa rádio emissora católica as experiências pós-aborto de várias mulheres que tinham terminado com as vidas de seus filhos em clínicas do Planned Parenthood.

Conheceu logo o caso de Abby Johnson, a ex-empregada do Planned Parenthood convertida agora em líder pró-vida.

Começou a rezar o Rosário durante a Quaresma e, sem maior explicação –como ela sustenta–, compreendeu que não podia seguir trabalhando ali.

“Foi no Domingo da Misericórdia, no dia em que foi beatificado o Papa João Paulo II disse que deixaria de trabalhar. Quando recordei que era Domingo da Divina Misericórdia… não pude conter minhas lágrimas. Nesse momento senti que Deus me chamava”, falou.

Read more: http://www.ewtnnoticias.com/noticias-catolicas/noticia.php?id=23632#ixzz1Xla1q7wO

por euvimparaquetodostenhamvida

Mulher canadense disposta a viver na prisão por evangelizar centros de aborto.


Mulher canadense disposta a viver na prisão por evangelizar centros de aborto

Madrid, Sep 19, 2011 / 7:16AM (EWTN Noticias/ACI Prensa)

Compartilhar|

Mary Wagner é uma católica canadense de 36 anos que se dedica ao apostolado pró-vida mesmo com o preço de sua liberdade e já não recorda quantas vezes esteve na prisão por defender a vida.
Esta semana, Mary –solteira, sem filhos e de escassos recursos econômicos– começou a cumprir uma nova condenação de 40 dias no cárcere. Seu delito foi ingressar pacificamente em um centro abortista e dar rosas brancas com mensagens pró-vida às mulheres que buscam abortar.
Segundo informa o web site ReligionenLibertad.com (ReL), Mary Wagner é “interna assídua dos cárceres de mulheres de Toronto e Columbia Britânica”, “devota do Rosário e de Madre Teresa de Calcutá, pequena e frágil, doce, nada ameaçadora”. “Seu crime é oferecer apoio e alternativas às mulheres que vão aos centros abortistas. Quando a prendem, aproveita para evangelizar as internas”, explica a nota.
Mary “já perdeu a conta das vezes que foi presa desde a primera vez, em 1 de fevereiro de 1999. Mas a ela não lhe importa: no cárcere de mulheres já a conhecem, e aproveita essas estadias para evangelizar. E para consolar as presas que abortaram”.
Esta tenaz mulher cresceu no seio de uma família numerosa e católica, seus pais foram ativistas pró-vida. No entanto, foi na Jornada Mundial da Juventude de 1993 em Denver (EEUU), onde experimentou um despertar espiritual.
“Em Denver passou algo. Viu aqueles jovens incontáveis e sua alegria especial. Com 19 anos, Mary entendeu ‘como Deus nos vê e nos ama a cada um de nós de uma forma próxima e pessoal’. Sempre soube que Deus ama, mas agora entendia sua proteção e amor inesgotável. E isso, declarava já numa entrevista no ano 2000, ‘me faz sentir feliz, cheia de alegria e posso viver como Cristo nos ensinou’”, completou ela.
“Em novembro de 1999 a prenderam pela primeira vez por violar a ‘área de segurança’ de um centro abortista. Foram suas primeiras experiências no cárcere”.
“Seu crime é entrar em clínicas abortistas, na sala de espera, ou no jardim diante da porta de entrada, e repartir rosas brancas com uma frase às mulheres que estão ali. Nela se pode leer: ‘Foste feita para amar e ser amada. Tua bondade é maior que as dificuldades. As circunstâncias na vida mudam. Uma nova vida, mesmo que seja diminuta, promete uma alegria irrepetível. Há esperança!’”.
Esta semana, um juiz de Toronto a declarou culpada do “uso e desfrute ilegal” das instalações da clínica abortista de Bloor West, perto de Toronto, assim como de “atrasar o desenvolvimento do negócio”.
As testemunhas afirmaram que “Mary tinha sido amável, tranquila, pacifica no seu trato com as mulheres da clínica, mas o juiz lhe deu igual”.
Mary aproveita seu encarceramento para evangelizar. “No cárcere de distribui folhetos sobre a Bíblia e a Igreja. Escuta as mulheres que abortaram ( 90% das presas), chora com elas, reza com elas”.
“Para cuando saiam, lhes recomenda centros que ajudam a mulher a superar o trauma pós-aborto. Recebe visitas e cartas. As pessoas pró-vida a visitam, como faziam os primeiros cristãos com seus presos encarcerados por César. Mary reza muito: onde a quer enviar Deus na próxima vez?”
Mary Wagner pode receber cartas de apoio na prisão, através da direção:
Vanier Centre for Women
665 Martin St
Milton, Ontario
L9T 5E6
CANADA

por euvimparaquetodostenhamvida

“No final do caminho, Deus me perguntará: Amaste?”

O coelho de pelúcia

“Na manhã de Natal o coelhinho que levantava a cabeça sobre a meia do menino sustentando um raminho de azevinho entre suas patas, tinha um aspecto esplêndido.

Seu corpo roliço convidava a abraçá-lo, tinha o pelo muito suave, branco com pintas marrons, uns bigodes de fio de seda e umas orelhas forradas de cetim rosa.

O menino estava encantado e brincou com o coelho durante duas horas até que seus pais lhe mostraram os outros maravilhosos pacotes que estavam debaixo da árvore e com a emoção de abri-los e descobrir novos brinquedos o menino se esqueceu do coelho de pelúcia.

Durante longo tempo, o coelho foi um brinquedo a mais no quarto dos brinquedos.
Mas não lhe importou porque podia manter longas conversas filosóficas com um cavalo muito velho e sábio que conhecia tudo referente ao mundo mágico dos brinquedos e contos infantis.

Um dos temas, de conversa, prediletos do coelho era o meio de converter-se em “real”.

O cavalo explicou pacientemente ao coelho que “não nos fazem reais, mas que é algo no qual nos convertemos pouco a pouco.

Quando uma criança demonstra seu carinho durante anos, não só para brincar contigo mas porque te quer sinceramente, te convertes em “real”.

Converter-se em real não é algo que te sucede da noite para o dia, nem os brinquedos nem as pessoas.

Geralmente, quando te convertes em um ser real, já perdeu quase todo o pelo de tanto que te abraçaram, caem os olhos, as articulações começam a fraquejar e está sujo.

Porém isso não tem importância, porque uma vez que se converteu em real é impossível que fique feio, salvo aos olhos das pessoas que não compreendem.

Os brinquedos, a fim de converterem-se em reais, devem sentirem-se amados por uma criança”.

Moral da história:

“No final do caminho, Deus me perguntará: Amaste?

E eu não direi nada, abrirei minhas mãos vazias, e o coração cheio de nomes”

por euvimparaquetodostenhamvida

Cada um de nossos problemas é um degrau para cima.

 

O asno no poço

Um dia, o asno de uma camponesa caiu num poço. O animal chorou comovedoramente durante várias horas, enquanto a camponesa tratava de averiguar o que fazer.

Finalmente decidiu que o burro já estava velho, o poço estava seco e além disso necessitava ser tapado, então pensou que realmente não merecia o trabalho de tentar tirar o burro.

A mulher convidou todos seus vizinhos para que fossem ajudá-la. Todos tomaron uma pá e começaram a encher de terra o poço

. O burro se deu conta do que estava sucedendo e começou a choramingar com mais força. Passado um tempo, para surpresa dos presentes, o animal se acalmou. Depois de umas quantas pás de terra, a camponesa finalmente, olhou no fundo do poço e se surpreendeu com o que viu…

Com cada pá de terra, o burro estava fazendo algo incrível. Sacudia a terra e dava um passo para cima.

Enquanto os vizinhos seguiam jogando terra em cima do animal, ele saltava para cima e subia um pouco mais. Logo todo o mundo comprovou com surpresa como o burro chegou à boca do poço, passou por cima da borda e se afastou trotando …

A vida vai encher-te de terra…. A chave para sair do poço é sacudi-la e dar um passo para cima. Cada um de nossos problemas é um degrau para cima.

Nós podemos sair dos mais profundos buracos, se nunca nos damos por vencidos e queremos “sacudir-nos” e dar um passo para cima.

por euvimparaquetodostenhamvida

Se queres fazer algo mas o crês impossível, não creio que triunfes jamais.

 

A bailarina

 

Uma jovem havia tomado aulas de ballet durante toda sua infância, e tinhaa chegado o momento em que se sentia pronta para converter seu aprendizado em profissão.

 

Desejava chegar a ser a primeira bailarina e queria comprovar que possuía as qualidades necessárias, de maneira que, quando chegou na sua cidade, uma grande companhia de dança foi ao teatro e falou com o diretor.

 

-Queria chegar a ser uma grande bailarina-, lhe disse, -mas não sei se tenho o talento necessário ou o que me falta para consegui-lo.

 

-Faz-me uma demonstração, lhe disse o diretor. Mas tinha dançado alguns segundos, a interrompeu, movendo a cabeça com sinal de desaprovação.

 

-Não, você não tem as condições necessárias-, lhe disse.

 

A joven chegou em sua casa com o coração desolado, jogou as sapatilhas de ballet no mais profundo de um armário e não voltou a calçá-las nunca mais.

Casou-se, teve filhos e quando ficaram um pouco maiores, começou a trabalhar como caixa em um supermercado.

 

Anos depois assistiu um espetáculo de ballet e na saída e topou com o velho diretor, ela o saudou e lhe recordou a conversa que tiveram anos antes, mostrou fotografías de seus filhos e comentou de seu trabalho no supermercado, mas ao final, antes de despedir-se, lhe perguntou.

 

-Como pôde você saber tão rápido que eu não tinha condições de bailarina?

 

-Ahhh! Apenas vi quando dançou diante de mim, simplesmente lhe disse o que sempre digo a todas, ela respondeu.

 

-Mas isso é imperdoável! exclamou ela, você arruinou minha vida, podia ter chegado a ser a primeira bailarina!

 

-Não o creio, respondeu o velho mestre. Se tivesses tido os dotes necessários e uma verdadeira vocação para dançar, não terias prestado nenhuma atenção ao meu comentário.

 

“Sem dúvida, se crês perdido, estás perdido e se crês que não podes, não poderás.

 

Se queres fazer algo mas o crês impossível, não creio que triunfes jamais.

 

Na vida não só o valente ou o veloz triunfa, no final o que vence é o que crê que é possível”

 

Moral da história:

 

“Nunca dizer não posso, não consigo, mas sempre acreditar que pode e que vai conseguir. O importante é tentar sempre, de um jeito ou de outro, se não der tente ainda outro jeito até conseguir.”

por euvimparaquetodostenhamvida

Bonito é buscar estrelas para presentear a um amigo.

O abraço salvador

Esta é uma fotografia de um artigo de Seleções que se chama “O Abraço Salvador ”

Refere-se à vida de gêmeos que ao nascer estiveram em suas respectivas incubadoras, porém uma delas não tinha esperança de vida.

Então à chefe das enfermeiras desse hospital lhe ocorreu e lutou contra as regras hospitalares para que estivessem juntas, o mais lindo foi quando ao colocá-las juntas, o bebê que estava muito bem abraçou sua irmãzinha regulando com o calor de seu corpo a temperatura e o pulso, foi assim que conseguiu estabilizar o ritmo cardíaco de sua irmãzinha….

Que não nos esqueçamos do quão importante que é abraçar a quem amamos e quão bem nos faz a todos abrigar-nos no coração com a qualidade de um abraço…

AS COISAS BONITAS DA VIDA…

Bonitas são as coisas nascidas internamente, como as palavras simples, sinceras e significativas

Bonito é o sorriso que vem de dentro e o brilho dos olhos…

Bonito é um dia de sol depois de uma noite chuvosa e em solidão

Bonito é buscar estrelas para presentear a um amigo ou amiga

Bonito é ter uma poesia ao vento e dar flores para nossos seres amados

Bonito é chorar quando se sente vontade e deixar que as lágrimas rolem sem vergonha, por medo de uma crítica

Bonito é gozar a vida e viver de sonhos

Bonito é ser realista sem ser cruel e buscar a beleza de todas as coisas.

Bonito é ser gentil e continuar sendo gentil em qualquer situação

Bonito é ser autêntico sem temor e viver em paz consigo mesmo

E bonito é ler mensagens como esta de uma pessoa amiga que ama muito o seu próximo e se lembra de ti…

Por isso “Um forte abraço para ti hoje”.

 

 

por euvimparaquetodostenhamvida

O menino lhe respondeu “Hoje almocei com Deus!”…

 

 

ALMÔÇO COM DEUS

 

O menino se sentou junto a ela e abriu sua maleta. Estava a ponto de beber um de seus refrescos quando notou que a anciã parecia algo faminta, assim lhe ofereceu um de seus pasteizinhos.

 

Ela agradecida aceitou o pastelzinho e sorriu ao menino. Seu sorriso era muito belo, tanto que o menino queria vê-la de novo, assim lhe ofereceu então um de seus refrescos.

 

De novo ela lhe sorriu. O menino estava encantado! Ele ficou toda a tarde junto dela comendo e sorrindo, porém nenhum dos dois se disse uma só palavra.

 

Enquanto escurecia, o menino percebeu o cansaço que estava, levantou para ir-se, deu alguns passos mas se deteve e antes de seguir, deu uma volta atrás, correu até a anciã e lhe deu um abraço.

 

Ela depois de abraçá-lo, lhe deu o maior sorriso de sua vida.

 

Quando o menino chegou em sua casa, abriu a porta… sua mãe ficou surpreendida pela cara de felicidade que ele trazia.

 

Então lhe perguntou:

 

“Filho, o que fizeste hoje que te fez tão feliz?”.

 

O menino lhe respondeu “Hoje almocei com Deus!”…

 

E antes de que sua mãe dissesse algo, ele acrescentou:

 

“E sabes o que? Tem o sorriso mais lindo que já vi!”

 

No entanto, a anciã, também radiante de felicidade, regressou à sua casa.

 

Seu filho ficou surpreso pela expressão de paz que trazia ela em seu rosto, e lhe perguntou: “Mamãe, o que fizeste hoje que te fez tão feliz?”

 

A anciã lhe respondeu:

 

“Comi pastelzinho de chocolate com Deus no parque!”… E antes que seu filho respondesse, acrescentou:

 

“E sabes? É mais jovem do que pensava!”

 

Moral da história:

 

Normalmente, não damos importância ao poder de um abraço, de uma palmadinha nas costas, de um sorriso sincero, de uma palavra de alento, de um ouvido que escuta, de um cumprimento honesto, ou de um ato pequenino de preocupação…

Todos esses detalhes tem o mágico potencial de poder mudar tua vida ou a dos demais, de dar-lhe uma nova chance e fazer-te feliz.

 

Todas as pessoas chegam a nossas vidas por uma razão, ou seja por uma temporada ou para toda uma vida.

 

Recebe-os a todos por igual! E se desejar, envia esta mensagem para pessoas que tocaram tua vida de maneira especial de uma ou outra forma, numa situação, numa parte de tua existência ou em tua vida inteira assim como o tem feito tu com a minha.

 

AH!… E TRATA DE ALMOÇAR COM DEUS SEMPRE!..

 

Te amo… tal como és, antes de que me peças perdão eu já te perdoei. Eu sou a luz, quem me siga nunca estará nas trevas. Te amo…

 

Jesus Cristo.

 

Envia esta mensagem aos amigos que tu queres que Deus abençoe, e com um coração contrito e humilhado, verás como pode mudar suas vidas…

 

 

 

por euvimparaquetodostenhamvida